saúde e bem estar

O embelezamento feminino e o masculino possuem especificidades, exigindo atenção e dedicação diferenciadas. O homem demanda uma aparência mais sutil, mantendo seus traços marcantes, deixando-os mais seguros e confiantes com o visual natural. Por outro lado, a mulher, mais familiarizada com esse universo, permite que o profissional faça um trabalho mais escultural, esculpindo e delineando as linhas, mantendo um layout delicado. A Clínica Leonardo César, com sedes nos municípios de Salvador e Feira de Santana, propõe um programa de cuidados especializados, focado nessas peculiaridades, para melhorar a aparência dos indivíduos com bom senso e sem exageros. A clínica trata ainda problemas de acne, queda de cabelo e câncer de pele, além de oferecer tratamentos corporais e dermatologia clínica e cirúrgica.

Seja por cobrança social, seja por motivação pessoal,as pessoas alimentam, cada dia mais, o desejo de melhorar a aparência. Em razão disso, a busca pelas cirurgias plásticas tem crescido progressivamente.O senso bienal da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBPC) aponta que, no ano passado, foram realizadas 1,7 milhão de operações no Brasil. Desse total, 60% tiveram fins estéticos. Em relação ao senso anterior, divulgado em 2016, o índice é 25,2%maior. As cirurgias plásticas estéticas contribuem para a melhora da autoestima dos pacientes e, para o cirurgião plástico Dr. Vinicio Moitinho, é fundamental que a decisão pelo procedimento seja tomada na hora adequada, sem precipitações. “O paciente deve fazer essa opção em um momento em que esteja bem psicologicamente e fisicamente, com atenção dedicada aos exercícios físicos e à alimentação,para que os riscos cirúrgicos sejam menores e os resultados, mais gratificantes”, afirma o profissional.

O Dr. Marcio Freitas atende nos municípios de Feira de Santana e Salvador. É especialista nos procedimentos de rinoplastia, harmonização da face e cirurgia facial. Especialista em otorrinolaringologia e em cirurgia cérvico-facial, Dr. Marcio é também cirurgião-dentista, com pós-graduação em várias áreas, como cirurgia plástica da face, cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial, cirurgia ortognática, entre outras. Nas clínicas onde atende, o médico oferece uma série de procedimentos, com vistas a melhorar a aparência da face, seja para corrigir algum problema de saúde, seja por motivos unicamente estéticos. Entre os procedimentos oferecidos, a rinoplastia e a harmonização facial ganham destaque.

Sempre associada ao culto da beleza, a cirurgia plástica possui um viés ainda mais importante, sua grande capacidade de promover inclusões sociais. “É possível realizar reconstruções, restabelecer funções e promover aceitações de ordem contemplativa, no que tange ao aspecto da aparência e do desempenho corporal”, afirma o cirurgião plástico, Dr. José Carlos Dantas. Para o profissional, as mudanças feitas nocorpo são responsáveis por alterações significativas no humor do indivíduo e na sua elevação espiritual.“Hoje em dia já vislumbramos a existência de uma compreensão positiva das nossas susceptibilidades às incertezas da nossa saúde e das modificações no nosso envelhecimento”, ressalta.

Dr. José Carlos Dantas aponta uma proximidade muito maior dessa intervenção com a vaidade do que coma autoestima e chama a atenção para o fato de quenem sempre uma mudança física eleva a autoestimado indivíduo. “Existe uma tendência de usar o termo autoestima, quando se procura melhorar a aparência. Na verdade, é uma situação em que você se sente melhor fisicamente e visto positivamente ao olhar de terceiros. Porém, seu interior pode seguir carente. Nós nos embelezamos para sermos olhados pelos outros.É diferente da autoestima, quando nos olhamos por dentro, avaliando nossa capacidade de resolver problemas, de elaborar soluções e de analisar nossos potenciais”, explica.

Ele acredita que muitas transformações promovidas na aparência resultam de uma expansão da personalidade,em que corpo e emocional se agregam de modo indissociável. “O homem é um ser estético e sua inteligência elaborou adornos na sua aparência para se distinguir e se afirmar no seu ambiente de convivência social”, defende. O profissional ressalta a importância de se pensar a cirurgia plástica alinhada com as ciências humanas, como a antropologia, filosofia e psicologia. “Oser humano é muito complexo com suas características individuais. Então a cirurgia plástica exige uma entregado profissional, uma doação pessoal por meio de estudos e pesquisas, para acompanhar essa dinâmica de evolução”, completa.

Evolução – Uma série de inovações possibilitou a evolução da cirurgia plástica, como a microcirurgia, que permite o reimplante de membros e deslocamento de tecidos. Também é possível citar a lipoaspiração,com a incorporação do Laser 1210, que ofereceu melhor aproveitamento da gordura aspirada, para ser injetada em áreas deficientes. A tecnologia permite uma recuperação mais rápida, período curto de internamento, pouco edema e retorno precoce às atividades diárias. Outro exemplo bastante significativo está na cirurgia de face. “inovações surgiram como tratamento da musculatura cervical, promovendo angulações definitivas do contorno do rebordo mandibular e elevações dos surpercílios. Nos casos de desfigurações graves da face, hoje já é possível inclusive realizar transplante de face”, ressalta o médico.

Em todos os segmentos da cirurgia plástica, é possível identificar avanços consideráveis. A cirurgia da mama também incorporou inúmeras técnicas ao longo do tempo. No nariz, a abordagem aberta ofereceu mais precisão na elaboração da forma e correção de imperfeições. Para o abdômen, é possível escolher a variante adequada a cada tipo de deformidade. Em relação à mama, também há muitos ganhos. “A colocação de prótese via axilar subfascial endoscópica preserva a rede linfática e deixa a mama sem cicatrizes. A nova constituição da textura interna e externa do silicone oferece mais tempo de tolerância do organismo”, salienta o médico. Ele alerta, no entanto, para a necessidade de exames periódicos. “O controle de avaliação por ultrassom após três anos de colocação do silicone deve ser anual, para prevenir tumores. Outros exames devem ser realizados, a depender da idade, história familiar ou surgimento de intercorrências”, explica.

A era digital implantou transformações sociais radicais. Avanços nas áreas do conhecimento foram viabilizados pela evolução tecnológica, que criou incontáveis facilidades para a humanidade. Beneficiada por esse progresso, a odontologia viu nascer uma nova fase, da odontologia digital, que tem agregado novidades a cada ano, proporcionando maior eficácia e segurança nos tratamentos. Sendo o sorriso uma das mais importantes demonstrações de alegria e afeto, o aparato tecnológico tem permitido que um número grande de pessoas que apresentava problema envolvendo a dentição sinta-se agora confortável e autoconfiante para sorrir. “Com as tecnologias digitais, conseguimos um diagnóstico muito mais preciso, o que facilita a tomada de decisões sobre o tratamento. Além disso, as técnicas trouxeram conforto para o paciente e mais agilidade aos profissionais”, afirma o dentista Rodrigo Queiroz.

Evolute é um centro de cuidados da saúde e estética bucal e de procedimentos de embelezamento facial.Sob a liderança do implantodontista Rodrigo Queiroz, a clínica conta com estrutura completa, física, tecnológica e humana, para promover a harmonização do sorriso e da face, com qualidade, profissionalismo e tratamento humanizado. Especialista em odontologia digital e robótica, a Evolute utiliza a tecnologia para obter os melhores resultados no menor espaço de tempo, com conforto e segurança para seus pacientes.

Página 2 de 5