medicina preventiva
prevenir é melhor do que remediar

A prevenção de doenças é uma das quatro tarefas essenciais da medicina, ao lado da promoção à saúde, recuperação e reabilitação. As ações preventivas são traçadas a partir do estudo epidemiológico, que avalia os dados da doença relativos à vigilância, análise e experimentação dos fatores físicos, biológicos, sociais, culturais e comportamentais que influenciam a saúde. Na cardiologia, a medicina preventiva é ainda mais importante.

O Santa Izabel é uma unidade de saúde completa,que trata a integralidade da saúde, passando pela prevenção, diagnóstico, intervenção de alta complexidade e pós-operatório. O centro hospitalar atende 39 especialidades, com destaque para cardiologia, oncologia, neurologia,ortopedia e pediatria. Além do atendimento a particulares e conveniados de planos de saúde, o hospital também acolhe pacientes oriundos do Sistema Único de Saúde (SUS).

As doenças crônicas possuem um diferencial em relação às demais enfermidades. Uma atitude de protagonismo no que se refere ao auto cuidado contribui de maneira cabal para o tratamento, podendo, inclusive, interrompe ra necessidade de uso de medicamentos. “A mudança do estilo de vida do portador da diabetes, por exemplo, com a prática de atividades físicas e a escolha de uma alimentação saudável, pode levar à perda de peso e normalização dos índices da glicemia, suspendendo o uso de medicações”, afirma o coordenador do serviço de Medicina Preventiva da Promédica, Dr. Wigberto Azevedo. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 16 milhões de brasileiros sofrem com o diabetes. O Brasil é o quarto colocado no ranking de países com mais número de casos, atrás da China, Índia e Estados Unidos.

As ações de medicina preventiva acompanham a Promédica desde o seu surgimento, quando passoua exercer a atividade de operadora de plano de saúde, no final da década de 60. Pioneira desde então, a empresa adotou uma série de medidas que marcaram a história do cuidado à saúde do baiano. Ao perceber o grande volume de doenças contagiosas à época entre as crianças, firmou parceria com a Secretaria de Saúde e montou um posto médico dentro de suas instalações, aderindo ao programa de vacinação. Na década seguinte, foi a vez de implantar o programa de planejamento familiar, ao notar o desconhecimento e a dificuldade de acesso pelas mulheres aos métodos anticoncepcionais. E, ainda, implementou ações de combate e precaução ao câncer de colo de útero, ao identificar o número grande de mulheres com lesões precursoras de câncer de colo do útero.

Alto padrão de qualidade nos serviços, parque tecnológico moderno e avançado com recursos humanos altamente qualificados fazem do Grupo CAM referência em saúde no estado da Bahia e no Norte-Nordeste. O grupo chega aos 41 anos ainda mais maduro e comprometido em fazer uma medicina séria, competente e alinhada com as demandas sociais. Com uma equipe composta por mais de 200 profissionais médicos, o grupo realiza mais de 400 mil procedimentos por ano, entre consultas, exames de imagem e procedimentos ambulatoriais e laboratoriais. A essência do Grupo CAM vai além de tratar doenças, é um centro de saúde que cuida de pessoas, que busca devolver o sorriso do paciente e que o acolhe com carinho, amor e dedicação.

Fundada há 35 anos para acolher pacientes oncológicos com mais humanidade, a CLION inaugurou nova unidade, no Rio Vermelho, além das sedes de Lauro de Freitas e Hospital Português. Pensado para promover o bem-estar dos pacientes, o espaço oferece facilidade de acesso, amplo estacionamento, vista privilegiada, infraestrutura completa e confortável, tecnologia de ponta e o mesmo comprometimento e profissionalismo que é marca da CLION. A unidade conta com equipe multidisciplinar qualificada, que fornece o apoio necessário durante todo tratamento.

Página 1 de 4