blog vida saudável
conteúdos com boas referências em vida saudável

Coronavírus e Oftalmologia

Recentemente alguns estudos mostraram que a infecção causada pelo coronavírus pode estar relacionada com sintomas de conjuntivite. Apesar de não estar entre os sintomas mais comuns da COVID-19, a Academia Americana de Oftalmologia recomenda que pacientes com suspeita de conjuntivite sejam investigados quanto a ocorrência de sintomas respiratórios.

Outros estudos mostraram que as pessoas podem se infectar através dos olhos pela conjuntiva (membrana fina e transparente que recobre os olhos).  O vírus se espalha pelo ar por gotículas de aerossol decorridos de tosse e/ou espirro, e se alguma pessoa estiver contato dos olhos com essas gotículas pode se infectar.

dra juliana prazeres 1Um estudo brasileiro realizado no Instituto da visão e Escola Paulista de Medicina (UNIFESP) publicado no mês de maio/20, mostrou alterações anatômicas na retina de pacientes infectados pelo COVID-19.

Além dos efeitos diretos descritos acima, a quarentena e isolamento social impostos pela pandemia tem trazido desconforto ocular com sintomas de olho seco  em diversos pacientes. O tempo prolongado de exposição em telas digitais,  novos hábitos de vida relacionados a home office e uso de ar condicionado e ventiladores são fatores de risco para a ocorrência da síndrome do olho seco.

Sintomas como olhos secos, vermelhos, sensibilidade a luz, irritação, ardência, coceira e sensação de areia podem ser decorrentes de olho seco. Além disso, o uso prolongado de telas digitais leva a cansaço visual resultante do esforço continuado da musculatura ocular para focar a imagem digital.

A fim de minimizar os efeitos descritos acima, o ideal é realizar pausas regulares a cada hora diante das telas digitais, olhar para um local distante durante as pausas para relaxar a musculatura ocular, estar em ambientes bem iluminados, evitar ventilação proveniente de ar condicionado ou ventilador na região dos olhos e lembrar de piscar regularmente com o objetivo de  renovar a lágrima.

Juliana Prazeres

Oftalmologista

CRM 21281 BA

Especialista em Retina e Vítreo.